Nos deixe proteger nossa saúde no caso de um acidente nuclear

A Comissão Europeia pretende alargar os Níveis Máximos Eligíveis (NME) de contaminação radioactiva adoptados em 1987 sob pressão do lobby nuclear. Estes limites envolvem riscos para a saúde totalmente inaceitáveis: na escala da França, esta contaminação legal poderia levar a dezenas de milhares de cânceres (e mais, se o pior acontecer), sem falar das outras doenças nem da  transmissão de anomalias genéticas. Os consumidores não serão capazes de se proteger, porque eles não poderão distinguir os alimentos radioativos da comida não contaminada.

Para mais informações sobre os Níveis Máximos Eligíveis de contaminação radioactiva dos alimentos em caso de acidente nuclear: leia a Síntese da CRIIRAD que apresenta as graves anomalias identificadas no relatório dos peritos.
Consulte o arquivo completo :
http://www.criirad.org/aliments-nma-accidentnucleaire/sommaire.html

 

 

Eu peço uma reforma completa, transparente e democrática do regulamento, incluindo a redução drástica dos níveis de contaminação permitidos em caso de acidente nuclear.

Em caso de um acidente nuclear, solicito a proibição imediata de los produtos agrícolas provenientes das áreas contaminadas, esta medida pode ser relaxada só após da obtenção de informações comfiáveis sobre a extensão, natureza e intensidade da chuva radioativa.

A distribuição de alimentos não contaminados deve ser preferida e garantida em todos os casos, aos bebés, ás crianças de tenra idade, ás mulheres grávidas e ás mães que amamentam.

Os Níveis Máximos Eligíveis de contaminação radioactiva devem ser definidos de acordo com os grupos de risco e com os indivíduos mais vulneráveis para proteger a totalidade da população. O regulamento deve mencionar claramente os níveis de risco e de dose considerados como  aceitáveis pelas autoridades, as hipóteses feitas pelos peritos, bem como as obrigações e os procedimentos de controlo em situaçaõ real.

Eu peço que as normas de protecção radiológica não sejam mais  definidas dentro do vigamento do Tratado Euratom cuja missão é o desenvolvimento da indústria nuclear, mas bem no âmbito do Tratado da União Europeia. A proteção sanitária das populações não pode ser subordinada aos interesses do lobby nuclear.

Signer

Compartilhe com seus amigos e familiares